segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

Editorial: Uma perda imensurável para o jornalismo brasileiro


Que descanse em paz. (Foto: divulgação/Band)
Nesta segunda-feira (11), o Brasil perdeu um dos maiores jornalistas da sua história, Ricardo Boechat. Sua morte deixa muito mais que uma vaga na bancada da manhã da BandNews FM e da noite da TV Band. Além do claro espaço no coração de amigos e familiares, a morte de Boechat representa uma perda imensurável ao jornalismo brasileiro.

Nós, do Grupo Caixa de Brita, enquanto jovens jornalistas e estudantes de jornalismo sempre tivemos Ricardo Boechat como uma das grandes referências na profissão. Todos sempre o reconhecemos como um dos maiores jornalistas da história do país e um dos exemplos de como a opinião, a seriedade e o bom-humor podem se aliar dentro de nossa atividade.

Sua capacidade única de fazer críticas contundentes sem perder o humor, o transformou em uma voz ferina no combate à corrupção e às injustiças no país. Ricardo Boechat morreu como o principal jornalista em atividade no Brasil. Sua atuação sem medo de opinar será sempre lembrada como um marco no jornalismo nacional.

Nossos pêsames à família e aos amigos. Que ele descanse em paz.
Comentários

0 comentários :

Postar um comentário